Bem-vindo a Sociedade Gnóstica | SGI

A Divina Trindade

As Sagradas Escrituras da Índia afirmam que o umbigo, o coração e a garganta são centros ígneos do organismo humano e acrescentam que, meditando nos referidos centros, encontramos os Mestres Saraswati, Lakshmi, Parvati ou Girija em ordem hierárquica sucessiva. Estes três Mestres trabalham com as três profundidades do nosso resplandecente Dragão de Sabedoria. Estes três Mestres manejam as forças que advêm dos três aspectos do Logos Solar. Saraswati trabalha com as forças do Pai, Lakshmi trabalha com as forças do Filho e Parvati trabalha com as forças do Espírito Santo. Saraswati exerce poder sobre a mente humana; Lakshmi exerce poder sobre o corpo astral e Parvati sobre o corpo físico.

O aprendiz há de aperfeiçoar seu corpo físico, acostumando−o a praticar Magia Sexual com a esposa sacerdotiza. Esse trabalho é muito árduo e difícil. O companheiro tem que aperfeiçoar seu corpo astral até convertê−lo num instrumento útil. O Mestre necessita aperfeiçoar seu corpo mental com o poder do fogo que flameja na orquestração universal. O aprendiz deve invocar o Mestre Parvati para que o ajude a controlar seus órgãos sexuais durante a prática da Magia Sexual. O companheiro deve invocar o Mestre Lakshmi para que o ensine a sair em corpo astral. É urgente aprender a viajar consciente e positivamente em corpo astral. O Mestre deve invocar a Saraswati para que o ajude a cristificar a mente, cujas invocações se fazem durante a Magia Sexual.

É necessário invocar as forças do Espírito Santo durante a Magia Sexual. É urgente chamar as forças do Cristo para que originem o nascimento do Astral Cristo nas profundezas do nosso universo interior. É indispensável pedir às forças do Pai auxílio para nossa mente. Precisamos engendrar a Mente Cristo. Os veículos físico, astral e mental devem converter−se em finos instrumentos do Espírito. É indispensável aprender a sair conscientemente em corpo astral. Recordemos que dentro do astral se acha a mente. É mister visitar conscientemente os Templos da Loja Branca. No astral podemos estudar aos pés do Mestre.

A seguir vamos ensinar os Mantrams, que um sábio ensina para sair em astral, em sânscrito e que são também usados pelos Iogues da Índia, para saídas em astral.

Mantram para Saídas Astrais

“HARE RAM. HARE RAM. RAM HARE HARE. HARE CRISTO. HARE CRISTO. CRISTO, CRISTO, HARE, HARE”.

“HARE MURARE MODUP COIPTUS HARE COPAL GOVIND MUKUM SONRE”.

“MAGE PRAGE YODI KOLPI BASI PARVOT TULLO HIRO NO DANE EN BAI DE NEM”.

“SRI GOVIND, SRI GOVIND, SRI GOVIND, SRI GOVIND. GANESHA NAMAP”.

O devoto deve dormir com a cabeça voltada para o Norte ou para o Oriente. O devoto deve aprender de cor esses mantrams hindus. Deite−se o devoto em decúbito dorsal (barriga para cima) suplique, invoque e chame com toda sua alma o Mestre Lakshmi para que o tire em corpo astral consciente e positivamente. É necessário chamar o Mestre Lakshmi em nome do Cristo.

Invocação

Em nome do Cristo, pela glória do Cristo e pelo poder do Cristo eu te invoco Lakshmi, Lakshmi, Lakshmi. Amém.

Esta invocação deve ser repetida milhares de vezes, suplicando ao Mestre Lakshmi que vos tire do corpo físico conscientemente e que vos ensine a viajar conscientemente em corpo astral. Depois de feita a invocação, deveis recitar os mantrams sânscritos milhares de vezes com a mente concentrada em Cristo. Deveis adormecer tranquilamente fazendo a invocação. Quando despertardes do sono, praticai depois um exercício retrospectivo para recordar onde estivestes, por onde andastes e com quem conversastes, etc.

É necessário pedir a Lakshmi que vos ensine a sair conscientemente em astral. É necessário ter uma paciência tão grande como a do Santo Jó até aprender a sair conscientemente em corpo astral. Deveis lembrar que o grau de aprendiz é de sete anos e que só depois de sete anos começam os primeiros relâmpagos da iluminação. Nós fazemos essa advertência para que os estudantes saibam a que ater−se. Os curiosos, os profanos e profanadores do Templo, melhor seria que se retirassem. Essa ciência não serve para os curiosos de diversos matizes.

À medida que o devoto pratica Magia Sexual com sua esposa sacerdotiza, à medida que sua conduta se torne cada vez mais reta, à medida que se vai santificando, começam a refletir−se em seu astral e em sua mente os esplendores e poderes do Íntimo (Espírito). Só então vem a iluminação. Esse é o caminho, todavia a iluminação só vem depois do grau de aprendiz (falamos em termos de Maçonaria Oculta). Todo verdadeiro candidato, preparado para a iluminação, poderá ser reconhecido e comprovado pelo Esquadro e o Compasso. Quando o Espírito e a personalidade humana atuam ordenadamente e em plena harmonia, o devoto está preparado para a iluminação.

Os que se queixam de não estar iluminados não podem resistir à prova com o Esquadro e o Compasso. Quando o quaternário inferior obedece fielmente ao Espírito, o resultado é a iluminação. Enquanto a personalidade humana (o quaternário inferior) não obedecer ao Espírito, torna−se impossível a iluminação. O devoto deve purificar diariamente o dormitório com defumações especiais. O incenso purifica o corpo astral. Um bom incenso opera maravilhas no corpo astral. Um bom incenso atrai os Grandes Mestres que necessitamos para o nosso trabalho. O incenso pode ser mesclado com o benjoim, o qual, além de purificar o astral, desmancha os pensamentos grosseiros e sensuais. Pode misturar−se o benjoim com o incenso num incensório ou sobre um braseiro. Isto é o que há de mais prático. Também pode misturar−se essência de rosas a estes perfumes para purificar o ambiente. É bom lembrar que as rosas têm um grande poder, pois é a Rainha das Flores. É necessário que a Rosa do Espírito abra seu fragrante e delicioso capulho sobre a cruz do nosso corpo. O esposo e a esposa devem viver em meio aos perfumes e o amor.

O incenso e os perfumes ardem deliciosamente em todos os templos hindus, parsis, jainos, sintoistas, etc. Nunca faltaram os perfumes e os incensos nos templos da Grécia, de Roma, da Pérsia, etc. O devoto precisa de muitíssimas purificações e santificações para chegar à iluminação.

Indicação

Jesus, o Grande Hierofante disse: “Ajuda−te que eu te ajudarei”. O estudante Gnóstico deve levar em consideração estas palavras do Mestre. Os mantrams para sair em corpo astral, tal como os ensinamos aqui, são maravilhosos. A invocação ao Mestre Lakshmi é magnífica e mesmo maravilhosa, mas o estudante Gnóstico deve ajudar−se, deve concentrar−se no umbigo, deve adormecer cantando os Mantrams mentalmente e quando estiver quase adormecido, quando sentir a lassidão própria do sono, então deve imaginar ser como o vento, ou um gás, ou algo sutil, e deve esquecer−se do peso do corpo físico, pensando que já pode voar aonde quiser, porque não apresenta nenhum peso, salte de sua cama esquecendo do seu corpo físico, sentindo−se ser como uma nuvem, aroma, brisa, hálito divino. Mas não se trata de saltar mentalmente, pois é urgente que tudo isso de traduza em ação, em fatos concretos. Uma vez fora do corpo físico, saia de sua casa e dirija−se em corpo astral à Igreja Gnóstica, ou a qualquer lugar que desejar. Em corpo astral, pode−se viajar a outros planetas, pode−se visitar os lugares mais distantes do cosmo, os templos de mistérios, etc.

Em corpo astral poderá o devoto estudar os Registros Akáshicos da Natureza e conhecer todos os acontecimentos passados, presentes e futuros. Há uma profecia oriental que assegura que no fim deste século vinte os cientistas terão aparelhos rádio−televisores especiais para estudar os Registros Akáshicos da Natureza. Assim, a humanidade inteira poderá ver no cinema toda a história da Terra e de suas raças. Poderá ver, também, toda a história viva dos grandes homens como Jesus, Maomé, Buddha, Hermes, Quetzaocoatl. Atualmente trabalha−se com empenho no sentido de aperfeiçoar o rádio até captar os discursos de Cristo, de Cícero, de Orfeu, etc. Essas ondas existem, porque nada deixa de vibrar na Natureza. Só é questão de aperfeiçoar o rádio e a rádio−televisão. Não está tampouco longínquo o dia em que se inventem certas lentes especiais, por meio das quais se poderá ver o corpo astral e o próprio plano astral. A Grande Loja Branca está iniciando este tipo de inventos e descobrimentos científicos.

Capítulo 31 – Os Esquimós do Norte Capítulo 33 – O Cristo