Bem-vindo a Sociedade Gnóstica | SGI

O Que é Gnose

26 jan 2020

O Que é Gnose

/
Publicado por
/
Comentários0

Gnose é uma palavra de origem grega que significa conhecimento.

Os antigos gregos, de maneira geral, usavam três palavras distintas para três tipos distintos de conhecimento: episteme, o conhecimento teórico, racional, intelectual, techne, o conhecimento técnico, a habilidade prática, o saber fazer uma atividade qualquer, e gnosis, o conhecimento experimental e direto.

Desde aqueles tempos, gnosis, ou gnose, significa o conhecimento adquirido através do contato experimental, direto e pessoal entre o sujeito que conhece e o objeto que é conhecido. Em termos mais simples e práticos, o conhecimento que não precisa de experiência direta é episteme, ou conhecimento epistêmico, o conhecimento prático com que realizo alguma atividade é techne, ou conhecimento técnico, e o conhecimento de algo que experimentei por mim mesmo é gnosis, ou conhecimento gnóstico.

Vejamos um caso simples: andar de bicicleta.

Todo o saber que tenho sobre bicicletas – para que serve uma bicicleta, quem inventou a bicicleta, quais os tipos que existem, qual é a mecânica de seus componentes, quais esportes usam bicicletas – é conhecimento epistêmico. Todo o domínio que eu tenho sobre a atividade de andar de bicicleta – a habilidade de pedalar e fazer curvas, capacidade de manter o equilíbrio em altas velocidades, destreza ao trocar as marchas – é conhecimento técnico. Toda a experiência direta e pessoal que tenho com uma bicicleta – ver sua imagem, subir e sentar em seu banco, andar de bicicleta, pedalar, sentir o equilíbrio nas curvas – é conhecimento gnóstico.

Estes três tipos de conhecimento não são concorrentes, e podem ser adquiridos em todas situações comuns da vida: amizades, família, trabalho, estudos e lazer, mas também, e especialmente, no campo da espiritualidade, na busca pelo conhecimento das coisas ditas superiores, espirituais, transcendentes.

O conhecimento gnóstico das coisas espirituais é justamente o que interessa para o Gnosticismo de todos os tempos e para os estudos atuais da Sociedade Gnóstica Internacional: o conhecimento de Deus, dos Deuses, Anjos e Devas, das dimensões superiores, dos mistérios das antigas civilizações, das forças ocultas na Natureza e das energias que circulam em nosso organismo e no mundo que nos cerca.

Acima de tudo, queremos saber quem somos, de onde viemos e para onde vamos? Qual é o sentido de nossa existência, onde estávamos antes de nascer, para onde iremos depois de morrer? Enfim, o conhecimento gnóstico é, antes de mais nada, autoconhecimento real sobre a nossa verdadeira identidade espiritual, conhecimento experimental, direto, pessoal sobre si mesmo, sabedoria que não seja apenas teoria, opinião, crença, hipótese ou conceito formulado por outra pessoa.

Quando começamos a adquirir essa gnose, o conhecimento de nós mesmos de forma direta e experimental, inevitavelmente chegamos à terrível constatação de que nossa consciência está profundamente adormecida e precisa urgentemente despertar. Pois é em nossa consciência que a gnose acontece, mas enquanto ela permanecer subjugada por ilusões, desejos, fantasias e apegos, permanecerá dormindo, e nós continuaremos acreditando que sabemos o que na verdade não sabemos, que somos o que na verdade não somos e, consequentemente, ignorando os princípios universais que regem a nossa relação conosco mesmos e com o mundo que nos cerca.

Os antigos gnósticos desenvolveram sistemas filosóficos, religiosos e mitológicos para que o ser humano possa chegar a este conhecimento iluminado, místico e intuitivo que dá a resposta real e objetiva para todas estas perguntas, através de seus próprios esforços, sem precisar acreditar nas explicações dos outros, seguir a um líder ou pagar pelo acesso a informações secretas. Os estudos propostos pelo Gnosticismo de todos os tempos, pelos Mestres Gnósticos de ontem e de hoje através da Sociedade Gnóstica Internacional, servem para que toda pessoa possa adquirir, por si mesma, o conhecimento de todas estas realidades.

Existem inúmeros sistemas religiosos, filosóficos artísticos e científicos que oferecem respostas, cada um à sua maneira, com um método diferente e com uma linguagem própria. O Gnosticismo não despreza estes sistemas, muito menos está contra eles. Apenas propõe uma atitude diferente, que não se conforma com a simples assimilação de suas teorias ou a realização das práticas que são propostas. É preciso ir mais a fundo e realmente experimentar aquilo que as religiões, filosofias, artes e ciências normalmente apresentam como dogma, especulação, sensibilidade ou hipótese.

Ainda assim, sem perder de vista que o essencial é a experiência da gnose, ou seja, o conhecimento experimental, direto e íntimo das realidades espirituais, o estudante também vai precisar aprender e desenvolver conhecimentos de ordem epistêmica e técnica. Além da vivência da gnose, é necessário desenvolver teoria e prática, pois só assim terá um desenvolvimento equilibrado e com resultados consistentes.

Será preciso dominar técnicas como a meditação, a auto-observação e a projeção astral consciente, que o levarão a experiências gnósticas cada vez mais profundas e duradouras. Ao mesmo tempo terá que assimilar conceitos, teorias e sistemas sobre psicologia, antropologia, metafísica, alquimia, bioenergética, cabala, hermetismo e mitologia, sem os quais não terá condições de assimilar, organizar e expressar adequadamente os fragmentos de gnose que começará a experimentar.

Por este motivo a Sociedade Gnóstica Internacional difunde os ensinamentos gnósticos na forma de cursos, através dos quais toda pessoa interessada possa adquirir este tipo de conhecimento. A SGI está organizada como uma Escola de Mistérios, e sua pedagogia possui três etapas, ou Três Câmaras:

Primeira Câmara (estudos iniciais)
Segunda Câmara (estudos intermediários) e
Terceira Câmara (estudos avançados).

Os estudos iniciais de Primeira Câmara estão sempre abertos para todos os interessados através de cursos e atividades presenciais. À distância, estes estudos podem ser realizados através de nosso curso online e gratuito de Introdução à Gnosis e ao Gnosticismo. Este curso corresponde à Primeira Câmara. Após a sua conclusão, o aluno poderá avançar também à distância, ingressando na Segunda Câmara e dando continuidade aos seus estudos gnósticos junto à SGI.

Inscreva-se em nosso curso online e comece agora a sua jornada junto com nossa comunidade de investigadores dos Mistérios Gnósticos. Conte com nosso apoio através da senda iniciática. Ajudaremos você a assimilar este conhecimento para alcançar à autorrealização íntima do Ser.

Deixe um Comentário