Bem-vindo a Sociedade Gnóstica Internacional

24 maio 2012

O Que é a Gnosis e Quem Pode ser Gnóstico

Antes de você ler este texto, gostaríamos de fazer duas observações. A primeira, é que ele não foi escrito pelos autores que costumeiramente publicam no site da Sociedade Gnóstica Internacional, mas por um gnóstico que se identifica como Marco L., e que pretende falar em nome “dos praticantes beneficiados pela Gnosis”. A segunda, é que ele está sendo publicado neste espaço para, em breve, servir como base para algumas reflexões sobre a Gnosis e a atualidade do Gnosticismo Contemporâneo.

A Gnosis divina, a gnosis Eterna é, em realidade, o ponto para onde nos dirigimos. É uma busca que muitos vêm empreendendo ao longo dos séculos, e que se para alguns ela terminou, para outros ela continua. Com base nisso é fácil compreender que as gerações vão e vêm, mas a Gnosis não deixará de existir, porque não é um modismo, não é fruto do capricho de alguém, mas sim uma necessidade coletiva das almas que continuamente nascem e morrem.

Portanto, a Gnosis não é: as palavras, os livros, as conferências, nem é os grupos, nem os professores, nem as aulas; assim como tampouco são os locais, os cartazes ou os anúncios que constituem a Gnosis. Qualificar de Gnóstico qualquer parte relacionada com a Gnosis é um desatino.

Entendemos que a Gnosis é “um funcionalismo natural da consciência desperta”, exatamente isso. Portanto, até que não se chegue ao despertar total, não se saberá o que é a Gnosis. Se é certo que vamos nos aproximando pouco a pouco da Gnosis, também é certo que existem pessoas que jamais se aproximaram dela nem um pouco, e são estes os que, qualificando-se de “gnósticos”, desqualificam com suas ações ao corpo de doutrina e finalmente à própria Gnosis.

Portanto, culpar a Gnosis, o Mestre Samael e seus verdadeiros praticantes, das barbaridades que cometem os que se acreditam gnósticos, corresponde a um erro fundamental. É errado culpar a Gnosis dos atropelos que cometem aqueles que andam em busca dela. Digo em busca dela porque se já a possuíssem não cometeriam tantos equívocos.

Tudo isto nos aproxima do terreno que nos permite compreender quem é gnóstico e quem não o é:

– O gnóstico ama a cultura que brindam as ciências e o conhecimento objetivos.

– O gnóstico é inimigo dos vícios, não por imposição, mas por convicção.

– O gnóstico se esforça por transformar sua vida positivamente, isto é, torná-la útil para sua parte divina, assim como para seus semelhantes.

– O verdadeiro gnóstico jamais faz alarde nem exibições públicas de sua ciência. Assim também, o gnóstico verdadeiro não busca a glória no mundo, nem ambiciona o êxito mundano, pois para isso deveria se tornar escravo das exigências sociais ou econômicas.

– O gnóstico não se mete na vida dos demais, compreende o que é a liberdade em Deus e jamais obrigaria pessoa alguma a entrar no caminho do Conhecimento Divino se tal pessoa não o quer.

A Gnosis verdadeira e seus praticantes verdadeiros não buscam seguidores para ter grupos numerosos; buscam almas que queiram voltar a se conectar com sua parte divina e as orientam para alcançar este fim.

Na Gnosis eterna não nos interessa o dinheiro de ninguém, sabemos que aquele que possa colaborar com dinheiro para que um grupo siga funcionando assim o fará, e aquele que não possa colaborar ou não queira terá suas razões e não será isolado por isso, sempre e quando sua participação num grupo seja sincera.

Pra você, parecem negativos estes princípios sobre os quais se desenvolve a verdadeira prática da Gnosis? Se você responde afirmativamente, então é claro que sua ideia do mundo e da vida é contrária da nossa, e neste caso nem a Gnosis, nem o Mestre Samael, nem Deus, nem ninguém mais é responsável por isso.

Você conhece ou teve relação com alguém que faça o contrário do que se descreve nos postulados anteriores? Então tem razão em se ofender se as ações de tal pessoa o afetaram diretamente, mas não jogue a culpa na Gnosis ou no V.M. Samael, porque eles ensinaram os princípios acima mencionados; quem se comporte de forma diferente é porque assim decidiu consciente ou inconscientemente.

Viva feliz e se quiser torne-se uma pessoa livre em seu interior e em seu exterior, busque um grupo ou uma doutrina espiritual que te preencha e a pratique com sinceridade. Se você conhecer a verdadeira Gnosis, quem sabe seja isso o que te libertará, mas se conhecer “algo” que “alguém” chame de gnosis, quem sabe isso te extraviará ou escravizará. Não há nenhuma certeza nisso, tudo depende do destino que seu Ser espiritual tenha reservado para você.

Fraternalmente,
Os praticantes beneficiados pela Gnosis

Marco L.

Versão Original: Qué es la Gnosis y quién puede ser Gnóstico.

9 Respostas

  1. nousvate

    Ser gnósticos não e fácil.

    Muitos ate poder se dar o luxo de dizer que e um gnóstico, mas poucos realmente o são.

    Conhece-se um gnóstico pela sua vida, não pela instituição que ele freqüenta.

    Ser feliz ou infeliz e tão relativo quanto o tempo que nos prende os nossos sentidos sensoriais.

    Esta feliz, e um estado psicológico que pode ser causado tanto por uma ilusão quanto por uma grande verdade.

    Tudo depende de nosso nível de ser e de saber.

  2. Alice Pinto

    Os conhecimentos gnósticos são ensinamentos milenares e se dirigem a Consciência; ao ato originário da Criação; CUJO NORTE, É O PAI, O PONTO PARA O QUAL NOS DIRECIONAMOS; em síntese, vamo-nos preparando aqui, àqueles que almejam retornar a esta conexão, em relação, as suas partes superiores, divinas, e com certeza, nesta escolha, deste difícil caminho, há um preço a pagar, como qualquer escolha que se faça!

    Cada um de nós é totalmente livre, assim diz a Lei Universal, de realizar suas opções em determinada etapa da vida, segundo o nível de sua consciência, onde esta se localiza, e dessa forma, assumir as consequências dessas escolhas. Escolhido o caminho a trilhar, o que nos resta é ampliá-lo, embelezá-lo, compartilhá-lo com o nosso semelhante, que optou igualmente por esse maravilhoso caminho, focado totalmente no SER!

    Meus sinceros cumprimentos ao autor do excelente texto aqui publicado, bem esclarecedor!

    Alice Pinto

  3. Tarcisio Costa

    “CONHEÇA A TI MESMO E CONHECERAS O UNIVERSO.´´

    A CHAVE DO CONHECIMENTO ESTÁ DENTRO DE CADA UM DE NÓS, JAMAIS ENCONTRAREMOS ALGO FORA SE NAO O ENCONTRARMOS DENTRO DE NÓS MESMOS. NAO SOMOS UM E SIM MUITOS, SOMOS VERDADEIRAS MARIONETES CONTROLADAS POR FIOS INVISIVEIS, NUM DETERMINADO MOMENTO TEMSO FOME, NOUTRO ESTAMOS CANSADOS, NOUTRO ESTAMOS NERVOSOS, NOUTRO ESTAMOS FELIZES. ESSAS MUDANCAS DE ESTADO SAO NA VERDADE OS EUS AGINDO E NEM NOS DAMOS CONTA DISSO. SOMOS VERDADEIROS SONAMBULOS, COMEMOS E NAO PERCEBEMOS, ESCOVAMOS OS DENTES COM O PENSAMENTO EM OUTRA COISA, ANDAMOS PELA RUA PREOCUPADOS COM ALGUMA COISA OU OUTRA, NAO PRESTAMOS ATENCAO EM NADA QUE FAZEMOS. DEVEMOS URGENTEMENTE NOS AUTO OBSERVAR, ENTENDER E COMPREENDER QUE NAO TEMOS VONTADE PROPRIA, ENTENDER QUE SOMOS MANIPULADOS POR DIFERENTES “PESSOAS´´ QUE EXISTEM EM NOSSO INTERIOR. DEVEMSO VER QUE VEMOS, DEVEMOS SENTIR QUE SENTIMOS, DEVEMOS PRESTAR ATENCAO DE SEGUNDO A SEGUNDO EM NOSSOS PENSAMENTOS, NOSSOS SENTIMENTOS, NOSSAS ACOES. DEVEMOS NOS DESDOBRAR EM 02 E PERCEBER OS DEFEITOS AGINDO E NESSE MOMENTO PEDIR AJUDA À DIVINA MAE INTERNA QUE TEMOS PARA QUE ELA ELIMINE ESTE DEFEITO. NAO TEMOS MAIS TEMPO, ESTAMOS JA NO FINAL DE TUDO E ESSA É A ÚNICA SAÍDA. FIQUEM COM DEUS !

  4. calma ai abalizemos o que Eu sei.EU SOU portanto EU EXISTO.
    Não sabemos quase nada das civilizações anteriores .Ai tem começo origem dos planetas ou como foram criados .Mundos descritos por mentes Religiosas Materialistas como a maioria dos povos e que existe muitas citadas Espiritualistas que busca os Seres de LUZ. Também as mais diversas explicando o Espiritismo,não confundir Espiritismo com Unanizmo que valido se diferem nas frequências vibratórias .Vem um mestre dizendo cuidado com o EGO .Muito certo correto me valendo disso estou escrevendo dando vasão este pensar.Mas outro também esta certo não pensar em nada você elimina o Ego.Bom quando chegares a este raciocínio encontraras O espaço vazio estas ai chegando LA logo a seguir o delicioso momento entraras no vácuo não tem mais pressão atmosférica esta começando andar nas nuvens .Saúdo DEUS em vosso coração que Deus nos abençoe a todos. Abraço irmãos da GNOSES

  5. afranio

    Na queda da mente objetiva eliminamos o superego e transcendemos nossa mente ao subjetivo. O superego na verdade é tudo que pensamos, sentimos, permitimos ou proibimos etc… O irracional ou o universo interior como não conhecemos, se abstêm e se retrata em fragmentos. Temos por nossa vez, que cair no universo irracional para que possamos compreender a nós mesmos. Essa compreensão que é o que nos afasta do EGO, nos faz perceber as nuanças da separação do mundo físico e do espiritual. A queda liberta nosso Eu interior e o princípio de tudo começa a nos ser revelado. Quando dado momento no vácuo sentimos a liberdade que transcende a matéria, então experimentamos o auto conhecimento através da unidade que é um e o um que é dois, a ligação perpetua com o todo e vamos entender a quem pertencemos e o que somos. Somos seres vivos e não mortos, deveremos estar vivos no verão e mortos no inverno, nossa colheita deve ser farta para que possamos compreender o ciclo do sofrimento que é o princípio da sabedoria eterna. Ninguém vai ao Pai se não passar por mim, ou seja ninguém chega ao revelado se não antes, vencer as barreiras das trevas e se revelar em si mesmo. Conheça a ti mesmo então conhecerás e verdade. A verdade cega a quem está morto, mas no ciclo apocalíptico, os mortos levantarão e viverão na luz do conhecimento e da verdade lógica e absoluta. O LOGO, que habita em nós, despertará a Kundaline no final dos tempos, então todos seremos libertos. Compreendamos que todos somos Gnósticos apenas ainda muitos não o sabem, não o aceitam ou não o conhecem vivente dentro de si, pois a verdade ainda não lhes foi revelada. Infelizmente a luz ainda não chega para todos.
    Fraternalmente; Afrânio, simples assim.

Deixe um Comentário