Bem-vindo a Sociedade Gnóstica Internacional

6 dez 2011

Kiriku e a Feiticeira (Filme)

/
Publicado por
/
Comentários4
/

Uma voz muito fraca é ouvida desde o interior do útero de uma mulher grávida: “Mãe, me dê à luz!” Ao que a mãe responde: “Uma criança que pode falar já no útero de sua mãe, pode vir à luz por si própria”. E assim uma pequena criança nasce, corta seu próprio cordão umbilizal e declara: “Meu nome é Kiriku”.

O pequeno Kiriku nasceu num vilarejo africano sobre o qual a terrível feiticeira chamada Karaba havia lançado uma maldição perversa: as fontes secaram por completo, os habitantes do vilarejo estão sendo chantageados, e os homens foram todos raptados ou desapareceram misteriosamente.

Karaba é uma mulher perversa e cruel, cercada por servos destemidos. Os mais supersticiosos acreditam que ela devorou os desaparecidos.

Logo que Kiriku nasce do ventre de sua mãe, parte para uma jornada onde deverá livrar o vilarejo da maldição de Karaba e entender as causas da demência da feiticeira.

Para isso, Kiriku enfrenta muitos perigos e acaba percorrendo caminhos e passando por lugares onde somente pessoas pequeninas poderiam entrar.

Sua viagem repleta de aventuras o leva até à Montanha Proibida, onde o Homem Sábio da Montanha, que conhece todos os mais ocultos segredos de Karaba, aguarda o pequenino.

Assista abaixo ao filme completo:
(dublado em francês e legendado em português)

4 Respostas

  1. Edson Julio da Costa

    Achei muito importante este filme de Kiriku e a Feiticeira, pois retrata a humildade, a coragem e a Sabedoria contida em Kiriku em favor de sua Clã, além da força da pureza retratada na Criança. Não houve cenas de violencia no Filme, mostrou sim o quanto as vezes estamos enganados com falças aparências e situações, mas que por trás destas existe uma essência Bonita. Gostei também da Sabedoria espressada no Ancião e o Respeito da Familia (Clã) pelo mesmo. Muito Bonito mesmo.

  2. Olá Edson,
    É legal como as lendas das tradições antigas expressam uma sabedoria universal :)
    Muitos professores têm exibido este filme para seus alunos, uma iniciativa muito bacana.
    Abraços!

  3. maíra cunha

    Muito bom, um filme extremamente educativo. Reforça as tradições africanas, não demonizadas hoje.
    Recomendo para mães que estão preocupadas em educar seus filhos com valores de respeito e gratidão.

Deixe um Comentário