Bem-vindo a Sociedade Gnóstica Internacional

5 maio 2008

Vulcões Submarinos

Um artigo postado no periódico India Daily alerta para o crescimento sem precedentes de vulcões subterrâneos por todo o planeta. Segundo o texto, este crescimento pode ser classificado como exponencial, e está sendo apontado como uma das principais causas do aquecimento global que vem preocupando os governos e indicando a necessidade de mudanças no comportamento de indivíduos, organizações e nações.

O aumento da quantidade desta classe de vulcões tem como resultado a elevação da temperatura dos oceanos, o que por sua vez leva a dois fenômenos que podem resultar em consequências desastrosas num futuro próximo. O primeiro destes fenômenos é a intensificação de ciclones, algo que a cada ano se torna mais familiar para nós brasileiros. O segundo diz respeito a inundações das regiões costeiras do planeta.

Geólogos que investigam o movimento das placas tectônicas sob o oceano dizem não existir número suficiente de instrumentos de monitoramento de vulcões submarinos. Contudo, uma quantidade cada vez maior tem sido detectada em diferentes pontos do planeta. Em 2006 foi descoberto pelo Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia da Itália o Empédocles, vulcão localizado na costa da Sicília, cuja altura chega a 400 metros.

A base de sua estrutura compreende 30 km de comprimento e 25 km de largura, uma área maior que a da cidade de Washington, capital estadunidense. Outros vulcões submarinos têm sido descobertos em locais como as ilhas Andaman e Nicobar, no Oceano Índico, ao sul do Golfo de Bengala, no Noroeste Norte-Americano, Seattle e Oregon, na Austrália, na Grécia e na Nova Zelândia.

Em 1996, a península de Kamchatka, localizada na região oriental da Rússia, apresentou a erupção de um vulcão subaquático, que acabou provocando um tsunami que se tornou alvo de estudo de pesquisadores da área.

As doutrinas esotéricas sugerem que o recente aumento de falhas e fissuras e a intensificação de distúrbios na crosta terrestre se deve, em partes, à intensa atividade nuclear em regiões oceânicas. Curiosamente, durante a Guerra Fria, a península foi utilizada como alvo pelos soviéticos para testes de alcance e precisão de mísseis.

17 Respostas

  1. Pan Veritrax

    Olá.

    Só gostaria de dizer que acho uma pena que o site da Associação Gnóstica censure as mensagem que apresentem opiniões que não sejam condizentes com as suas próprias. Vejo, com essa política de censura a mensagens postadas aqui, que o interesse deste site não é o de divulgar informações ou promover estudos e debates sadios. O objetivo, ao que parece, é a pura propaganda e o puro proselitismo. Uma pena… Tanto potencial desperdiçado em mais um site de propaganda de mais um “ismo”… Isso cabe aos tantos lumisiais negros que vemos por ai mas não a um legítimo Lumisial representante da Fraternidade Branca… Afinal, por que esconder-se das questões propostas?… Esconder-se e fugir não serve ao despertar da consciência e se vocês querem fazer um trabalho que realmente esteja de acordo com os princípios da Loja Branca o primeiro passo é parar de se esconder e aceitar a demanda de esclarescer, recebendo as mensagens que possam parecer incomodas e tratando-as com os argumentos que elas merecem e não empurrando-as para baixo do tapete… Isso é o que se espera de alguém que se propõe a um trabalho público sincero…

    Espero sinceramente que a Luz do Cristo abra seus olhos para a realização de um trabalho mais legítimo e que este site possa ser utilizado para algo que esteja realmente a favor do Cristo e não para a satisfação do “eu publicitário” ou do “eu marketeiro” de alguns poucos…

    Um grande abraço.

    Pan Veritrax

  2. Pan Veritrax

    Olá.

    Dado o tom de minha mensagem anterior e conversas que tive diretamente com os administradosres do site da Associação Gnóstica eu autorizo a deleção do comentário anterior visto que o mesmo não atente completamente com a realidade.

    Abraços.

    Pan Veritrax

  3. Pan Veritrax

    É bem conveniente para a Índia apontar “vulcões subterrâneos” como causadores do aquecimento global. Justo eles que são um dos maiores poluidores do nosso planeta, contribuindo de forma pesada não apenas para o aquecimento global mas também para a destruição da camada de ozônio. Para mim essa notícia é mais uma jogada para desviar a opinião pública jogando a culpa na Mãe Natureza e não na política ambiental cretina mantida pelo governo indiano.
    No final acredita quem quer… Ai vai da ingenuidade de cada um…
    Abraço a todos.
    Pan Veritrax

  4. Giordano Cimadon

    Olá Pan Veritrax,

    Corrigindo sua afirmação, não é a Índia que aponta os vulcões subterrâneos como causadores do aquecimento global.

    A notícia divulgada no India Daily, jornal com editorial independente das diretrizes políticas do governo indiano, resume dados coletados pela comunidade científica internacional.

    Ao meu ver, ingenuidade mesmo há em acreditar que o governo indiano se valeria de um instrumento midiático de baixa expressão internacional, para desviar a opinião pública e exprimir uma imagem de país ambientalmente responsável.

    Atualmente a Índia ocupa a 5ª colocação entre os maiores poluidores do mundo. Sua contribuição em tonaledas de Co2 responde por “apenas” (entre aspas mesmo) um quinto da atribuída aos EEUU.

    As manifestações de preocupação da comunidade internacional com a Índia, como a do presidente norte-americano Bill Clinton no ano 2000, referem-se ao seu potencial poluidor, ou seja, o quanto a Índia poderá poluir no futuro, caso mantenha as mesmas taxas de crescimento e, consequentemente, de emissão de agentes poluidores.

    Shri Kapil Sibal, Ministro de Ciência e Tecnologia da Índia, continuamente estimula o debate sobre a responsabilidade dos países desenvolvidos em relação à redução das emissões de agentes poluidores por parte dos PED’s (países em desenvolvimento).

    Não vou entrar em detalhes sobre esta responsabilidade, pois qualquer um que não seja ingênuo será capaz de entender do que se trata.

    A relação entre o progresso e o potencial de poluição da Índia é assunto de tal complexidade que a eficácia da manobra sugerida pelo amigo soaria ineficaz, pra não dizer outra coisa.

  5. lucinara

    sou uma aluna que esta muito preocupada com tudo isso.mas acho que a responsabilidade não pode cair sobre a india porque todos nos contribuimos para isso estar acontecendo. vamos todos se consientizar e ajudar nosso planeta para que ele não venha se destruir.não importando quem polui mas ou menos mas sim em não poluir mais.vamos acordar e ajudar nosso planeta antes que seja tarde de mais.
    obrigado
    thau

  6. Giordano Cimadon

    Olá Lucinara,

    Nenhuma nação pode ser responsabilizada inteiramente pelos atuais níveis de poluição de nosso planeta.

    A contribuição dos países desenvolvidos e em desenvolvimento é um fato que merece ser observado segundo a perspectiva que você propôs.

    É no indivíduo – de qualquer nacionalidade – e em seus excessivos hábitos consumistas e em sua precária consciência ecológica que recai, em última instância, a responsabilidade pela situação crítica em que se encontra o meio ambiente.

    No entanto, como você bem aponta em sua mensagem, é também no indivíduo que pode ser descoberta a oportunidade de reverter este quadro.

    A Gnosis destaca o Despertar e a Revolução da Consciência individual como autênticas causas promotoras de efeitos positivos na sociedade e no meio ambiente.

  7. Daniel Loyola

    Prezados,

    estou procurando uma informação, mas tá um pouco difícil. Será que alguém tem uma pista??? Gostaria de saber qual a taxa média de lançamento por vulcões na atmosfera de gases efeito estufa (GEE, principalmente o CO2, ao longo de um ano. Qual o total dos lançamentos antrópicos neste mesmo período?

    Saudações,

  8. tatiane

    eu gostaria que tivesse mais foto do vulcão se for posivel >é bom que deixa o texto mais legal de se ler

  9. isabella

    eu sou uma criança de 09 anos e estou fazendo uma pesquisa sobre vulcoes mais não gostei do site, tem palavras muito complicadas para uma criança ler então eu espero achar um site melhor para pesquisar maais eu concordo com a tatiane sobre as fotos.

  10. Devido aos vulcões submarinos os “greys” abandonam o nosso planeta , temos varios (in)activos, ao largo da praia de Caxinas , praia do cabo do Mondego ; com falhas/túneis de dezenas de Kms , evacuando águas sulfurosas e gases em varias localidades a norte de Portugal as “Termas” !

Deixe um Comentário