Bem-vindo a Sociedade Gnóstica Internacional

22 jul 2011

Os Elementos Químicos na Alquimia (2/2)

Continuando nossas idéias sobre a Alquimia, podemos afirmar que no Sal juntamos dois compostos incompatíveis, um Metal e um Ametal. Posteriormente, para aperfeiçoar, para purificar tal operação é necessária uma energia externa. Por isso concorre à nós um elemento que possui uma característica a qual denominamos de eletropositividade, ou seja, doa elétrons, se sacrifica, doa energia: o Magnésio – um Metal Alcalino Terroso, viva representação do Chrestus Cósmico.

Nosso Magnésio Interior mediante o Supremo Sacrifício, morrerá, sacrificar-se-á, doará energia para que nosso Antimônio Interior faça seu trabalho, que é o de fixar neste material (o Mercúrio dos Sábios fecundado pelo Enxofre) o composto mais perfeito que existe, o único que não se oxida: o Ouro. Desta forma conseguiremos a vida eterna, a Imortalidade, adquirindo na Alquimia aquilo que denominamos de Nitrogênio (Corpo Astral Superior), Oxigênio (Corpo Mental Superior) e o Carbono (Corpo Causal Superior).

Ao final, quando purificarmos completamente nosso Corpo Causal Superior através da Alquimia, atingiremos a perfeição do Carbono, que conhecemos como Diamante. Não foi por acaso que Helena Petrovna Blavatsky denominou nossa absoluta perfeição de “Alma-Diamante”, ou seja, nosso Carbono Interior (Corpo Causal Superior) purificado… É bom aclararmos que quando chega-se a estes momentos, o Iniciado já eliminou de si todo o Mercúrio Seco e todo o Enxofre Arsenicado. A Trindade Imortal que conseguiu formar sua Alma-Diamante penetra de forma definitiva na Felicidade Absoluta de I.A.O – O Espaço Abstrato Absoluto.

Observando a “Magnum Opus” desta maneira podemos descrevê-la como o trabalho de transformar metais (compostos inorgânicos – aqueles que não possuem Carbono coordenado em suas moléculas), como o Mercúrio por exemplo, em compostos orgânicos – ou seja – compostos relacionados à vida, em última análise, ao Corpo Causal Superior Purificado – o Carbono da Alquimia Secreta. Resumindo: do Inorgânico ao Orgânico.

Do Caos à Ordem. Da Morte à Vida. Assim sendo, compreendemos que no estado atual não passamos de “agregados de átomos” em estado caótico, sendo nós inorgânicos psicologicamente falando, estamos mortos e inanimados, sendo apenas possível a formação da vida (espiritual) em nosso interior quando decidirmo-nos radicalmente pela realização do trabalho alquímico e particular através da total Revolução.

Internamente quem nos auxilia neste processo é uma parte de nosso Ser, conhecido como São Tiago, um dos 12 apóstolos e uma alegoria de nosso apóstolo interior. Ele é considerado o “Patrono da Grande Obra”. Segundo Samael Aun Weor, o boddhisatwa de São Tiago era brasileiro, estava “caído” na década de 70 e lutava por sua regeneração… O próprio patrono da “Magnum Opus” caído? Mistérios da Grande Obra!

Para nos auxiliar neste processo de religare muitos estudos – documentos, papéis, mapas, alegorias – foram deixados, assinalando-nos o caminho. Mas também há que existir em nós o ímpeto, a busca, a vontade, a consciência.

E é baseado nesta faculdade que todos temos que desenvolver – a Consciência – aliada ao bom senso e à livre expressão, que tomo a liberdade de compartilhar com vocês nos próximos posts um breve estudo que realizei a respeito dos elementos químicos na alquimia. De antemão deixo claro que fundamentei-me nas mais diversas obras existentes sobre o tema e também em minhas próprias experiências, impressões, entendimentos, opiniões, idéias, conceitos e compreensões, os quais irei expor aqui de maneira breve e objetiva, sem querer com isso esgotar – de forma alguma – este tema tão vasto.

O primeiro elemento do qual irei falar será sobre o Mercúrio. Aguardem!!!

2 Respostas

  1. nousvate

    Olá meu caro amigo.

    Há uma tremenda lógica no seu texto, e não poderia ser contrario já que segue a linha de raciocínio de todos compreendem a lógica destas realidades.

    Mas como já disse anterior sobre as infinitas realidades que parte dos mundos mais sensíveis que não chega a este mundo como os elemento supra leve.

    Por exemplo: aqueles elementos que da origem a vida aqueles elementos que constitui o sêmen, em uma analise mais profunda o sêmen e um composto de variadede químicas.

    Resumindo cada elemento químico já e em si uma junção de outro elementos se para pensar pode ver que em nosso corpo não há sêmen em forma definível ele se produz no ato sexual, ou seja, ele e fabricado no exato momento do coito,ou do estímulo da glândula sexuais. Em uma síntese o sêmen e a forma física da energia sexual na terceira dimensão.

    O que há no corpo é todo um composto de elemento que possibilitam a junção de outras formas de elementos químicos que cristaliza por ultimo o sêmen e que neste vem todos os elementos que cita e muitas outras variantes.

    Mas o que faz por trás de tudo isto?Por trás Do laboratório alquímico? Qual a natureza dos espermatozóides?La em sua origem mis primitiva?Como foi criado e qual elementos Le deus sua origem?
    E neste ponto que gostaria de chegar que em nosso corpo existe uma gama de muito produto e subproduto químicos, mas que este ainda está longe de ser a causa de toda realidade sobre a transformação alquímica.

    O que e formado pela primeira vez no feto? A coluna vertebral e nela esta todo o elemento que da origem a todos os elementos de nossa constituição física e não física.a coluna vertebral seria um grande espermatozóide físico que se desenvolve e por ultimo recebe as qualificações do cosmo em uma complicada interligação sistemática.

    Existe dentro da coluna vertebral um liquido que ele e a ligação com as outras dimensões este liquidam e a raiz de todos os líquidos químicos do corpo físico e não físico.

    E a energia sexual e uma extensão deste liquidam e este liquido não pode ter uma forma física por isto tem que haver a energia sexual e o ato sexual para que todos os elementos se juntem e novamente se evapores e passe de novo pelo os canais que se ligam a coluna vertebral. E ate o cérebro.

    Ou seja, quando a energia volta transmutada a coluna vértebra ela cumpre um processo de movimento da energia da coluna vertebral sem que ela sai do lugar,
    A vida do kundalini e sustentado nesta energia ocultada coluna vertebral, porque tanto se precisa da transmutação sexual para que o kundalini desperte?Porque no processo de ascensão da energia entra em contato com a energia dentro da coluna vertebral e cada vértebra ela muda de estagio com que quanto mias se sobe a energia mais longe da terceira dimensão ela fica.

    Isto acontece por que novos elementos químicos e atrelado a outras dimensões ate o corpo físico que vem dos estilemos de dentro para fora o que vem da energia sexual e da energia da coluna cria o magnetismo por causa da forças da energia em movimento.

    a força sexual que sobe pelos os canais, outra e da energia dentro da própria coluna vertebral.as duas parece quer se encontra em algum lugar este lugar e o cérebro.

    Em fim, devemos estudar mais do que já se sabe nos livros nos dizeres populares, não importa se foi mestre tal ou qual falou existe muito mistérios ainda de forma oculta.

    Devemos ser como pequena partícula no universo que vêem todas as coisas sem se prender a elas.

  2. Muito interessante, os processos alquímicos e químicos, interiores e exteriores si assemelham de forma surpreendente, o carbono si identifica com o corpo da vontade??? Da vontade? Isso é muito profundo e ao mesmo tempo prático mesmo, quando ele esta organizado de certa forma surge um diamante , porém outra organização da vazão a um pedaço de carvão por exemplo. O diamante é translúcido , ou seja deixa passar a luz(consciência), mas o carvão é opaco… oq será que a organização atômica representa?
    Deve ser algo muito importante para ser decisiva assim.

Deixe um Comentário