Bem-vindo a Sociedade Gnóstica | SGI

Sobre o nome, as datas de consagração, a freqüência e o pão

Home Fóruns [CURSO] Consagração de Santuários Gnósticos Sobre o nome, as datas de consagração, a freqüência e o pão

Visualizando 2 posts - 1 até 2 (de 2 do total)
  • Autor
    Posts
  • #11597
    Fabiane Mendes
    Participante

    – Quanto ao nome: percebi uma ressonância com Mercúrio e também com Parvati. Mercúrio e seu regente Rafael, foi devido as características que lhes são pertinentes, por aquilo que regem. Fui percebendo as pistas/ afinidades internas particulares, e ao estudar todas são associadas à ele, talvez em função da regência de meu signo: Gêmeos. Porem Parvati intuitivamente ressoa um pouco mais forte. Sabemos que Parvati tanto se refere à mãe divina, como também a um deva regente do ar. Trata-se de seres distintos? Ou de manifestações distintas de um único ser?

    – Para efeito de transubstanciação no ritual de eucaristia pode ser usado qualquer pão?

    – O ritual de consagração e de eucaristia podem ser feitos no mesmo dia? Se não, por qual motivo?

    – Existe algum dia/ lua mais favorável p/ fazer o ritual de consagração? Ou um dia/ lua que não seja indicado?

    #11601
    Giordano Cimadon
    Moderador

    Oi querida irmã Fabiane,

    Obrigado por ter colocado aqui as suas excelentes perguntas. Abaixo vou respondê-las uma a uma:

    Sabemos que Parvati tanto se refere à mãe divina, como também a um deva regente do ar. Trata-se de seres distintos? Ou de manifestações distintas de um único ser?

    São diferentes expressões de um mesmo Ser, onde uma delas é uma entidade cósmica relacionada ao Espírito Santo ou Terceiro Logos, e a outra é um Deus Elemental do Ar, ou Deva do Ar. É um caso parecido com o de Michael, pois na mesma invocação litúrgica também é invocado Michael como um Deus Elemental do Ar, e sabemos que se trata do Logos Regente do Sol.

    Para efeito de transubstanciação no ritual de eucaristia pode ser usado qualquer pão?

    Sim, qualquer pão natural.

    O ritual de consagração e de eucaristia podem ser feitos no mesmo dia? Se não, por qual motivo?

    Existe uma orientação deixada pelo Mestre – que está na Liturgia para os Lumisiais Gnósticos, e que adotamos para os Santuários porque trata do mesmo princípio magístico – para que uma pessoa oficie apenas um ritual por dia, pois existe manejo de energias criadoras no ambiente ritualístico gnóstico. Por isso estabelecemos em nosso programa de atividades primeiro o Rito de Consagração, e depois, somente no outro dia, o Rito de Eucaristia.

    Existe algum dia/ lua mais favorável p/ fazer o ritual de consagração? Ou um dia/ lua que não seja indicado?

    Nas obras originais que fundamentam esse trabalho de Consagração de Santuários não existe nenhuma indicação de um dia ou horário ou lua em que seria melhor realizar a operação mágica de Consagração. Estipulamos as datas no curso apenas para fins pedagógicos e para criar um envolvimento maior entre os participantes. Sabemos que há luas, dias e horários mais favoráveis a certas atividades, entre elas as de Magia e Ritualística, mas isso fica a critério de cada pessoa.

    Abraços Fraternos!
    Paz Inverencial!

Visualizando 2 posts - 1 até 2 (de 2 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.