fbpx
Bem-vindo a Sociedade Gnóstica | SGI

Responder a: Rosacruz e Samael

Home Fóruns [FÓRUM] Outras Escolas Rosacruz e Samael Responder a: Rosacruz e Samael

#12060
Giordano Cimadon
Moderador

Olá Renata,

Muito obrigado pela sua mensagem.

Aproveito este tópico para esclarecer algumas questões, pois este é um assunto complexo e que vem sendo o centro de entendimentos e posturas equivocadas há quase 70 anos. Samael Aun Weor realmente afirma que existe magia negra na AMORC, e esta afirmação foi feita durante a década de 1950 em vários livros.

E ao fazê-lo, ele indica sua razão fundamental: afirma que se trata de uma organização que vende iniciações. Todas as demais afirmações decorrem desta, pois é o entendimento dos gnósticos de todos os tempos que a iniciação não é algo que possa ser comprado. A iniciação é algo que o Espírito recebe nos templos dos mundos superiores como fruto dos trabalhos que realiza em conjunto com a Alma para a sua Realização íntima. Estes trabalhos se realizam aqui mesmo, na vida ordinária e comum, eliminando nossos defeitos psicológicos, transmutando as energias criadoras e amando a humanidade.

Este ponto deve ficar bem claro.

Trata-se de um conjunto de críticas semelhante às que Jesus fez em relação aos escribas, fariseus e doutores da lei, e que estão registradas nos Quatro Evangelho do Cristianismo. Jesus os critica duramente, assim como fez Samael Aun Weor, e assim como fizeram muitos outros Mestres, pois a missão de um Mestre não é apenas indicar o caminho que conduz à Luz, mas também alertar sobre o caminho que conduz às Trevas.

Assim sendo, é importante que se diga que estas afirmações/críticas de Samael Aun Weor não fazem do Gnosticismo uma “ideologia que fala mal das outras ideologias”. Pelo contrário, o Gnosticismo se fundamenta na Gnosis, o fenômeno de conhecimento direto, experimental e mística que a Alma tem do Espírito, sua origem, para que assim escape das ilusões e do sofrimento. E nas palavras do próprio Samael Aun Weor, “a Gnosis é a chama de onde surgem todas as religiões, filosofias, escolas”, e “todas as religiões são pérolas unidas no colar da divindade”.

Esclarecer quais são as práticas e posturas que levam a Alma ao distanciamento do Espírito não é um delito.

Jesus não cometeu delito ao apontar a hipocrisia e o perjuro dos doutores da lei, dos fariseus e dos escribas. Na época sim, foi considerado um criminoso, mas é isso que acontece com todo aquele que diz a Verdade.

Não é demais concluir esta minha reflexão afirmando que as críticas feitas por Samael Aun Weor às práticas da AMORC não justificam, em nenhuma hipótese, a propagação de uma cultura de rivalidade entre filosofias. Críticas são apreciações racionais, e não emocionais. Assim devemos recebê-las.

Mais uma vez obrigado pela sua mensagem.

Espero ter colaborado com o entendimento desta questão.

Abraços Fraternos!
Paz Inverencial!