fbpx
Bem-vindo a Sociedade Gnóstica | SGI

Responder a: Prática de Negociação com a Lei

Home Fóruns [FÓRUM] Vidas Passadas Prática de Negociação com a Lei Responder a: Prática de Negociação com a Lei

#11599
Giordano Cimadon
Moderador

Olá querida irmã Raquel,

A prática de Negociação com a Lei, ou de Negociação com os Senhores do Karma, é uma prática maravilhosa que pode ajudar a alma a aliviar o fardo de certos karmas negociáveis que atrapalham a caminhada espiritual. É claro que, para tais negociações, é preciso “darma” para pagar o “karma” em questão, mas isso está ensinado na lição sobre os Mistérios da Vida e da Morte do curso online de Introdução à Gnosis e ao Gnosticismo, e também (e principalmente) no Capítulo 24 do livro Sim Há Inferno, Diabo e Karma, no Capítulo 40 do livro Magia das Runas, no Capítulo 7 do livro Astrologia Hermética e no Capítulo 4 do livro Os Mistérios da Vida e da Morte.

A prática ensinada no “Livro de Conferências – Fase A” (desenvolvido por um grupo anônimo, derivado da Tradição do MGCU na Nova Ordem a partir das Conferências de Fase A ministradas nesta instituição e distribuído gratuitamente pelo site Conhecimento de Si Mesmo (http://www.conhecimentodesimesmo.com.br/), está baseada no Capítulo 40 do livro Magia das Runas, mas está alterada e dividida em duas práticas distintas.

No mencionado capítulo do livro Magia das Runas, o autor Samael Aun Weor não coloca como condição para a realização da prática a saída consciente em astral, ainda que em outros livros ele insista nesta saída consciente como uma forma de visitar o Templo dos Senhores do Karma e lá realizar negociações. São duas práticas diferentes, essa do Magia das Runas (com concentração e sem necessidade de saída consciente em astral) e a de outros livros (com saída consciente em astral). As duas são igualmente válidas.

Sugerimos, no entanto, que ao invés de fazer a prática ensinada no “Livro de Conferências – Fase A”, que seja feita a prática como foi ensinada originalmente e diretamente por Samael Aun Weor no livro Magia Das Runas, e que transcrevemos abaixo:

“No caso de precisar da assistência de Anúbis, torna-se urgente negociar com ele, abra os braços, e uma vez nesta posição, forme a Runa, de tal modo que um dos braços tenha a inclinação de 135º e o outro de 45º; e logo faça-se vários movimentos em que o braço que forma o ângulo de 45º, passe para 135º, e o de 135º graus, passe para 45º. Durante o exercício cantar-se-á os mantras: NA-NE-NI-NO-NU, tendo a mente concentrada em Anúbis, o chefe do Carma, suplicando- lhe a negociação que se deseja, pedindo ajuda urgente. Observai bem a forma da Runa NOT, imitando com os braços esse símbolo; o braço direito e o esquerdo alternam-se de posição nesse movimento.” (Magia das Runas, Capítulo 40)

Espero que essas reflexões sejam úteis!

Abraços Fraternos!
Paz Inverencial!